a
 

Whole Agility Bootcamp

Os eventos da OBr.Global têm foco em aceleração de negócios e competitividade internacional! 

Nossa modelagem é voltada para a transferência de conhecimento e construção de conexões relevantes. Confira nossa agenda e garanta sua presença nos eventos de seu interesse!

Carregando Eventos

« Todos Eventos

Whole Agility Bootcamp

20 março 2023 @ 04:00 - 08:00 -03

Como posso garantir o meu futuro e o da minha empresa em um mundo cada vez mais global e digitalizado? Adotando o principal motor do futuro.

O conceito do Whole Agility integra as 3 principais expressões de agilidade: a primeira e mais conhecida pelo mercado em geral na atualidade, é o Business Agility, e que tem foco em capacitar e exercitar times e grupos em torno de metodologias e frameworks que ajudam a sistematizar processos e atividades dentro de fatias de tempo menores e interligadas. Na realidade, o Business Agility empresta da metodologia do SCRUM para desenvolvimento de software, para encontrar suas balizas que tornem as etapas de desenvolvimento de mercado mais assertivas e aceleradas através de sprints e squads

O objetivo do Business Agility é adotar metodologias para adaptar e responder às pressões de um ambiente em mudança e tornar-se uma organização que aprende a permanecer relevante e competitiva.

A segunda expressão é o Structural Agility, que representa justamente a infraestrutura que habilita o fluxo para a execução dos processos e atividades definidas dentro do escopo pretendido. O Structural Agility é necessário para o funcionamento de qualquer organização. Quanto maior o número de peças móveis, maior a probabilidade de qualquer sistema entrar em colapso se seus processos, regras e limites não forem coesos. Por outro lado, se essas mesmas regras e limites forem muito frágeis, podem levar ao desastre.

Structural Agility é a capacidade de criar e adaptar continuamente estruturas que dão vida e permitem o fluxo de valor, em sincronização e em resposta ao ambiente em mudança constante.
 Estrutura é tudo que cria limites, conexões e regras para organizar pessoas e atividades em direção a um propósito compartilhado e possibilitar o fluxo contínuo. É o fluxo contínuo e o movimento imperativo para habilitar as metodologias.

Mas é a terceira expressão do Whole Agility que, na nossa visão, tem maior preponderância, pois trabalha o interior das pessoas que compõe os times e que formam os grupos, é o Leadership Agility. Ele corresponde ao como as pessoas estão programadas e condicionadas pelos seus valores a partir das suas experiências, e agora precisa ser reprogramar para essa nova realidade que apresenta novos desafios em cada esquina.

A agilidade na liderança procura ajudar os indivíduos a fazer a transição de um condicionamento de previsão e planejamento para uma prontidão de percepção e resposta. E para podermos ser inovadores precisamos inovar na maneira de pensar e agir.

Whole Agility requer uma identidade compartilhada para permitir a construção de confiança e auto-organização para que possa possibilitar o design contínuo, permitindo que as organizações evoluam na velocidade exigida pelo mercado em função do aumento contínuo da velocidade de mudança.??

Por isso, precisamos ser organizações de aprendizagem permanente